Academia   Seminários
 
 
 
 
     
 
23.out.2009
Afinal o tamanho conta, mas a criatividade conta mais

Afinal o tamanho conta, mas a criatividade conta mais


O tamanho nem sempre é sinónimo de sucesso. Um estudo recente diz-nos que aumentar o tamanho do anúncio não é necessariamente a melhor maneira de melhorar o desempenho. No entanto, há que ter em conta o contexto em que se está a operar.

No que diz respeito aos banners, onde o tamanho é o principal componente de visibilidade do anúncio, maior é, geralmente, melhor. Contudo, os anúncios de rich media, como é o caso dos banners expansíveis e anúncios flutuantes, os resultados são mais visíveis não pelo tamanho, mas pela criatividade. O recurso ao vídeo é uma das formas que apelam ao registo criativo de muitos anúncios, o que fez com que o desempenho deste tipo de media tenha melhorado em 71% no total.

As relações entre utilizadores e anúncios variam bastante consoante as indústrias, onde a electrónica e a automóvel foram as que apresentaram índices mais elevados de visualização por período de tempo.

Os aspectos principais desta análise assentam em dois pontos fundamentais. Por um lado, a questão já referida do tamanho que confere aos banners a visibilidade necessária. Por outro, nos formatos de rich media, os anunciantes devem centrar-se na adição de conteúdos em vídeo, características dinânimas, onde a criatividade seja o trunfo capaz de conquistar os internautas. Numa média a nível mundial, os primeiros atingem 0,1 % de CTR face aos segundos com 0,3 % alcançados.
 



 


Fontes



Links


 










 


Artigos Relacionados


15.dez.2008
Eficácia de anúncios diminiu com a sua sobrelotação
 

 

18.dez.2007
Fonte de Tráfego: Offline
 

 

6.mai.2008
IAB introduz standards para a publicidade vídeo online
 

 

29.nov.2009
O email e o banner como Ferramentas de Marketing Subliminar
 

 

17.dez.2013
A Monetização de Vídeos YouTube
 


 

 
Autores
     
     
    Ver Todos  
 
Formação Inesting