4.dez.2008
Gráfico de Barras

Analisar a performance de uma Newsletter com o Google Analytics


Se têm um site, provavelmente tentam promove-lo de várias formas, e avaliam os resultados com uma ferramenta de Web Analytics, como o Google Analytics. Só por si, sem necessidade de mais ajustes após a implementação, o Google Analytics consegue destrinçar diferentes tipos de fontes de tráfego. Mas se quisermos ser mais exigentes, e saber exactamente a origem de alguns dos nossos visitantes, podemos fazer algo mais.

Imaginemos que enviam periodicamente uma newsletter via email, e querem não só saber quantas visitas chegam através dela, mas também quais os elementos que a compõem são mais clicados.

Eis o que devem fazer: etiquetar os links.

Etiquetar um link é um processo que consiste em adicionar ao URL parâmetros que embora não afectem a experiência do utilizador final, dão ao Google Analytics informções sobre como catalogar esta visita.
 
Para este projecto existem 3 parâmetros que podem ser usados:

. ‘utm_source’ que vai identificar o nome da fonte de tráfego (o canal). Por exemplo ‘Newsletter Dezembro’.

. ‘utm_medium’ que vai identificar o meio que fornece a visita. Neste caso, ‘email’.
 
. ‘utm_campaign’ que foi criado para identificar a campanha que está a ser promovida, mas que neste caso podemos usa-lo para identificar o nome do elemento da newsletter que tem um link, passível de ser clicado. Por exemplo o ‘título da notícia XPTO’.
 
Agora é pegar no link alvo e etiqueta-lo. A boa notícia é que o Google tem uma ferramenta que faz isso, quase automaticamente: Ferramenta de Etiquetagem de URLS Google.
 
Depois de terminar, o link que inicialmente poderia ter este formato:
 

Passa a ter este:
 

Ou seja, na newsletter, qualquer link para a página desta notícia, deve usar este URL. Quando for clicado, o Google Analytics recolhe e armazena as informações contidas nos parâmetros.
 
Para acede-las basta ir a: Fontes de Tráfego > Todas as Fontes de Tráfego e escolher a que corresponde à Newsletter.
 
Depois dentro página de detalhe do canal, escolher Dimensções > Campanha, e encontrarão a performance de cada link etiquetado.
 
Podem depois fazer experiencias. Se mudar o tamanho ou a cor dos links recebo mais visitas? O comprimento de um título afectará o CTR? Qual a área da newsletter, mais susceptível de ser clicada?
 
É depois uma questão de optimizar a performance perante as conclusões.


 











Artigos Relacionados



18.jul.2008
 
Evitar que o seu email seja catalogado como SPAM? Proteja a sua Reputação
 
 
 
11.set.2010
 
Uma palavra errada pode estragar tudo?
 
 
 
11.mar.2011
 
O que você sabe sobre a performance das suas campanhas de Email Marketing
 
 
 
29.nov.2009
 
O email e o banner como Ferramentas de Marketing Subliminar
 
 
 
31.jul.2012
 
Símbolos na Linha de Assunto
 
 
 
 




Autores
     
     
     
 
Formação Inesting