18.fev.2013
Baidu

Baidu - Search Marketing na China


A China, pela sua dimensão e dinâmica de crescimento, é um mercado de potencial muito atractivo, mas quer pelo seu passado, quer pela forma como se está a abrir ao ocidente, levanta uma série de questões e obstáculos, quando um empreendedor resolve fazer lá negócio.
 
Se o objectivo for promover determinado produto no mercado chinês, a Internet é sem dúvida um canal a considerar (538 milhões de chineses estão online), mas como? Quais os canais adequados? Como se processam os pagamentos?
É tão simples como preencher um formulário?

Se pressupormos que ao nível de eficácia o canal Search apresenta os resultados que demonstra no mundo ocidental, então fazer marketing através dos motores de busca é sem dúvida uma opção válida.

Mas quem optar pelo Google para tal acção, não vai mostrar a sua mensagem à maioria dos chineses online. Na realidade a China é dos poucos países do mundo onde o Google não é o líder de mercado (tem uma quota de mercado de 15%), não existindo inclusive desde Janeiro de 2010 um Google.cn, depois da empresa ter deixado de pactuar com o sistema de censura que lhe era imposto. Assim a alternativa é o Google Hong Kong. E segundo o Google AdWords uma campanha segmentada para China via Google vai atingir “somente” 15 milhões de pessoas.

Qual é então o motor de busca dominante no mercado chinês? Com 80% de quota de mercado esse galardão pertence a um motor de busca chinês — o Baidu (o nome Baidu significa “milhares de vezes” e é inspirado no fim de um poema de Xin Qiji escrito há 800 anos que diz “tendo procurado milhares de vezes na multidão, de repente voltando-se, lá estava Ela na mais suave luz de uma vela.”

Falar de marketing no Baidu, implica dar boas e más notícias. A boa é que tal como a maioria dos motores de busca, este também possui uma plataforma de publicidade assente em palavras-chave que funciona num sistema de leilão em custo por clique — Baidu Tuigang. A má notícia é que a abertura de uma conta não é um processo simples.

O primeiro passo é preencher um formulário online e aguardar que a equipa Baidu nos contacte via telefone. Neste contacto irá ser pedida documentação sobre o registo da empresa, para confirmação de identidade. Estes documentos têm que ser fornecidos em chinês.

É ainda necessário fazer uma transferência de cerca de 750 euros (destes, 600 euros podem ser usados depois para investir nas campanhas).
Depois de criada a conta o processo de gestão é relativamente similar ao Google AdWords.

Nota importante não existe versão inglesa do site ou da plataforma, logo são necessários recursos humanos que saibam chinês. Uma alternativa pode ser a utilização de uma empresa americana, a Glougou, que lançou uma ferramenta que serve de interface em inglês da plataforma Baidu.

No final do dia a conclusão é que é possível gerir directamente uma campanha no Baidu, mas que o processo não é muito fluido para uma empresa estrangeira. Com seguramente milhares e milhares de empresas a querer fazer negócio neste gigante asiático, o Baidu só teria a ganhar em criar uma oferta específica para estrangeiros.




Links


 











Artigos Relacionados



27.out.2014
 
Uma nova variante de Remarketing...
 
 
 
1.abr.2015
 
Anúncios AdWords no Google Play Music
 
 
 
10.abr.2012
 
Tipos de Pesquisadores - O Egocêntrico
 
 
 
4.mar.2013
 
SEO ou PPC: o que é mais eficaz?
 
 
 
 




Autores
     
     
     
 
Formação Inesting