10.set.2009
Consumidores electrónicos privilegiam contacto pessoal

Consumidores electrónicos privilegiam contacto pessoal


As compras online têm aumentado bastante, principalmente nos Estados Unidos. Apesar da crescente adopção desta prática, muitas vezes não há nada como o contacto humano na altura da compra.

Sabe-se que no comércio tradicional, o consumidor tem a hipótese de se deslocar até à loja e ter contacto directo com o produto, podendo experimentá-lo e trocar impressões com o vendedor antes de o adquirir.
 
De acordo com uma sondagem , constata-se que 77% dos indivíduos manifestaram interesse numa troca de informações de forma pessoal, antes da aquisição online de certos produtos, maioritariamente bens de maior dimensão e de maior valor monetário.
 
Os sectores que beneficiam deste tipo de preferência são o imobiliário, o automóvel e as seguradoras.
Nos Estados Unidos, os ítems mais vendidos na internet, são produtos de mais fácil acesso e que não requerem necessariamente ajuda por parte dos vendedores, como é o caso da roupa, livros, música e produtos de saúde e beleza.
 
A maioria dos inquiridos já sentiu necessidade de obter ajuda no momento da compra online, onde 82% refere que não a ter conseguido obter no passado, chegando, algumas vezes, a afectar negativamente todo o processo.
 
O eMarketer prevê que 69.7% dos utilizadores de internet americanos, com mais de 14 anos, que efectuam compras no meio digital, aumentem para 74.2% em 2013. O aumento do tráfego poderá gerar uma maior personificação dos serviços prestados online, criando, assim, maior segurança para o consumidor.
 




Fontes



Links


 











Artigos Relacionados



26.nov.2014
 
Será o Chromecast o futuro do second screen?
 
 
 
27.mar.2012
 
Business Listings Trip Advisor: Vale a pena?
 
 
 
7.fev.2008
 
Digitalizar a Restauração - O Caso das Pizas
 
 
 
12.nov.2007
 
Consumidores Online ouvem os Amigos
 
 
 
3.jan.2012
 
Consumidores desconfiam do Facebook para fazer compras
 
 
 
 




Autores
     
     
     
 
Formação Inesting