18.jul.2008
Reputação influencia sucesso do Email Marketing

Evitar que o seu email seja catalogado como SPAM? Proteja a sua Reputação


Ponto prévio: Não faça SPAM!

O fenómeno do SPAM continua a crescer. Segundo a IronPort, actualmente cerca de 62 biliões de emails spam são enviados todos os dias. Há um ano atrás esse valor era de 31 biliões. Para piorar o cenário, muitos desses emails não solicitados contêm virus ou ficheiros de grandes dimensões que entopem os servidores.

Para combater este fenómeno ISP's, empresas e utilizadores individuais implementam novas estratégias e tecnologias para defender as suas caixas de correio e bloquear correio não solicitado. Estas protecções são necessárias, mas na melhor das suas intenções muitas das vezes bloqueiam também correio legítimo... As chamadas vítimas inocentes da guerra contra o SPAM.
Já lhe aconteceu notar que uma sua acção de email marketing teve um efeito residual face ao que esperava antes da sua execução? Então talvez você seja umas das vítimas inocentes desta guerra contra o SPAM!

Partindo do pressuposto que as suas acções se direccionam a listas de envio geradas com a permissão explícita dos utilizadores, se os seus emails de marketing e publicidade são sistematicamente barrados pelos servidores ou softwares anti-spam dos seus destinatários, então tal significa que os seus emails contêm características semelhantes aos emails de SPAM, caso contrário não seriam barrados.

Diversos factores podem contribuir para que o seu email seja confundido pelo destinatário como SPAM. Neste artigo abordamos um desses factores: a Reputação.

De facto os ISP's não baseiam só a decisão de barrar o seu email no conteúdo do mesmo. O seu histórico de envios, ou seja, a sua reputação também conta.
Se pretende ter uma boa reputação e assim minimizar a probabilidade dos seus emails serem barrados, centre-se nos seguintes aspectos:

. Queixas de Utilizadores 
Reduza ao mínimo as queixas de utilizadores... Para conseguir isto a melhor forma é restringir a sua mailing list aos utilizadores que previamente e de forma explícita lhe solicitaram o envio dos emails. Procure também inserir o seu endereço nas white-lists que inventariam endereços de email fidedignos não-spammers.

. Idade do Domínio 
Quando mais antigo for o seu domínio maior credibilidade poderá reunir. Aqui não há muito a fazer... apenas esperar que a idade fale por si,

. Volume e Tamanho
Se os seus emails são enviados para listas muito grandes e cada email tem um tamanho grande então é mais provável que venha a ser penalizado. Crie segmentos mais pequenos, realize envios faseados e procure que o tamanho dos mesmos seja tão leve quanto possível.

. Qualidade da Lista de Envio 
Realize limpezas regulars da sua lista de envio, removendo endereços inválidos, inactivos ou caixas que sistematicamente estão cheias (sinal que já não são utilizadas). Se diminuir o número de 'bounces' (emails devolvidos) contribuirá para melhorar a sua reputação.

. Configurações do Servidor de Email 
Se o seu servidor de email é partilhado, você pode estar em apuros... Em parte, servidor partilhado = reputação partilhada. Isto significa que ao partilhar infra-estrutura de email com outras empresas poderá vir a pagar pelos pecados de outros. Se o email marketing é crítico para si, procure ter um servidor de email próprio com um IP dedicado.

. Listas de Reputação 
Monitorize a sua reputação em listas construídas por entidades independentes como a Sender Score ou a Spamhaus.

. Configuração da Conta 
Muitos agentes mal intencionados mascaram os emails com o propósito de passarem-se por terceiros. Caso autentique os seus emails no momento do envio, a sua probabilidade de entrega é superior. Para tal basta realizar uma pequena configuração de envio (no seu outlook por exemplo pode assinalar nas configurações avançadas que o seu servidor requer autenticação no momento do envio).

O somatório destes factores poderá conduzi-lo a uma melhor reputação e, portanto, a um maior sucesso nas suas acções de email marketing. No entanto, caso ainda não esteja suficientemente sensibilizado aqui fica uma última dica: Por favor, não faça SPAM!




Fontes



Links


 

 











Artigos Relacionados



30.set.2014
 
Segmentação de Bases de Dados em Email Marketing
 
 
 
20.nov.2012
 
A melhor forma de fugir à lei é inventar uma lei
 
 
 
4.dez.2008
 
Analisar a performance de uma Newsletter com o Google Analytics
 
 
 
11.mar.2011
 
O que você sabe sobre a performance das suas campanhas de Email Marketing
 
 
 
4.fev.2009
 
As Acções de Marketing Online mais Eficientes
 
 
 
 




Autores
     
     
     
 
Formação Inesting