Academia   Seminários
 
 
 
 
     
 
19.jun.2012
Facebook Premium

Facebook Premium Ads vão passar a estar disponíveis para todos


O Facebook tem duas formas de vender o seu inventário publicitário. A primeira é através da plataforma self service, que permite aos vários anunciantes interessados, independentemente do seu tamanho e capacidade de investimento, ter campanhas segmentadas nesta rede social. Na outra, os ‘Premium Ads’ o inventário é vendido através de negociação directa com as marcas. Como é de supôr, apenas os grandes anunciantes têm capacidade para fazer este tipo de campanha, já que os investimentos mínimos necessários são mais exigentes.

Mas parece que os ‘Premium Ads’ vão deixar de ser tão ‘Premium’ como são actualmente, já que o Facebook anunciou que em breve vão passar a estar disponíveis na plataforma self-service. Isto vai alargar o inventário a milhões de anunciantes sendo previsto que a receita gerada para o Facebook cresça 40%, embora a rentabilidade unitária de cada campanha deva descer, já que naturalmente os valores exigidos irão ser menores, e o preço final ser estabelecido em modelo de leilão.

A Business Insider, diz que esta mudança está relacionada com a frustação de alguns anunciantes sobre o retorno dos Premium Ads, quando comparados com os Self Service, pelo que estavam a transferir orçamento de um para outro modelo. O Facebook tenta assim, reduzir o custo fixo que lhe estava associado (relacionado sobretudo com a equipa de vendas).
Para além desta alteração os formatos de Premium Ads vão ser modificados.
Irão existir em 6 tipos:

1. Imagem – 90 caracteres de texto + 1 imagem 168x128
2. Video – 90 caracteres de texto + 1 video 185 x104
3. Pergunta – um anúcnios em forma de questionário de escolha múltipla (4 respostas possíveis)
4. Status – 150 caracteres de texto (oriundo do status da página da marca)
5. Evento – 90 caracteres de texto + 1 imagem 75x75 (oriundo de um evento criado)
6. Link – 90 caracteres de texto + 1 imagem 75x75 (oriundo do status da página da marca com link)

Com a possibilidade recente de campanhas Facebook mobile também através da opção Self Service (de inicio também era só pela venda directa), esta rede social dá mostras de querer apostar cada vez mais nesta via para gerar as suas receitas.



 


Links


 










 


Artigos Relacionados


13.set.2011
Anúncios no Facebook vistos por metade dos utilizadores
 

 

2.abr.2013
Em terra de Publicidade Display, o Google também é Rei
 

 

19.mar.2013
Como controlar as Conversões geradas via Facebook Ads?
 

 

4.dez.2012
Formatos de Publicidade no Facebook – Ofertas Facebook – Parte 1
 

 

30.set.2014
O Marketing Digital das Academias e Ginásios
 


 

 
Autores
     
     
    Ver Todos  
 
Formação Inesting