Academia   Seminários
 
 
 
 
     
 
21.out.2013
A força das imagens nas redes sociais

Uma imagem vale mais que mil palavras, também nas redes sociais?


Com o constante desenvolvimento das redes sociais, uma tendência que se tem aprofundado é o da utilização de imagens como suporte aos conteúdos de texto – nalguns casos, não apenas como suporte mas tornando-se mesmo a parte principal.

As imagens permitem passar mensagens mais apelativas e dirigidas a um público cada vez mais habituado ao impacto visual da comunicação.

Esta evolução explica porque os marketeers depressa agarraram a nova tendência, baseados também em vários estudos, que mostravam como o envolvimento do público era influenciado pelo uso de imagens. Por exemplo, um estudo de 2012 da empresa Skyword indicava que um artigo que contivesse uma ou mais imagens poderia ter até mais 70% de visualizações, em comparação com outro artigo que não incluísse qualquer imagem. É preciso lembrar que entre 65 a 85% das pessoas se descrevem como “aprendizes virtuais”, numa tradução literal, que reforça também a força das imagens.

Feita a introdução, resumem-se alguns aspectos sobre as vantagens de se recorrer a imagens na comunicação online:

- Atrair a atenção do público – numa época de muita informação e pouco tempo para a analisar, é necessário sobressair e agarrar a atenção dos leitores. Um longo artigo sem imagens ou com destaques visuais incluídos pode ser a diferença;

- Alterar o foco de um texto – mesmo que um texto bem escrito possa ter grande impacto, um auxiliar visual poderá levar a obter ainda melhores resultados, contribuindo para uma melhor interpretação do conteúdo;

- Dar um toque de cor – aumentar o contraste, sair do cinzento de um texto, estas são as funções de uma imagem, aumentando a estimulação do leitor;

Redes sociais e aplicações como o Pinterest, Instagram ou Tumblr, recentemente popularizadas, são exemplos de como as imagens são usadas, em função da comunicação das empresas ou apenas como a ilustração de um momento dos utilizadores.

No entanto, é preciso não esquecer que o simples uso de imagens, por si só, não trará vantagens se não forem seguidas algumas regras. Tal como os conteúdos de texto precisam de optimização, também as imagens têm essa necessidade. Os trabalhos de SEO estendem-se assim também a esta componente. Keyword research, Alt Img e indexação pelos motores de busca serão objectivos para qualquer gestor de marketing online.

Mas enquanto as fotografias, vídeos ou infografias continuam a ganhar proeminência nas redes sociais, tais elementos tendem a tornar-se parte indispensável de qualquer estratégia de marketing digital.



 










 


Artigos Relacionados


5.fev.2013
A ascensão do Google+ e os ranking actuais das redes sociais
 

 

18.dez.2012
Tem a certeza que está a usar bem o social media?
 

 

22.out.2013
Quanto tempo dura um link nas redes sociais?
 

 

19.nov.2009
O evangelho segundo a internet
 

 

23.set.2011
Recomendar um produto a um amigo… mas como?
 


 

 
Autores
     
     
    Ver Todos  
 
Formação Inesting