Academia   Seminários
 
 
 
 
     
 
23.out.2012
LinkedIn: Sabe como promover-se?

LinkedIn: Sabe como promover-se?


O LinkedIn há muito que deixou de ser apenas uma rede social, tornando-se uma importante ferramenta para quem procura relacionar-se a nível profissional.

De acordo com a revista Fortune, 73% das maiores companhias do mundo recorrem a serviços desta rede social para contratar pessoas.

Como em todas as redes sociais, os utilizadores do LinkedIn também devem seguir algumasregras, caso o objectivo seja destacar o seu perfil face aos demais.
 

Existem várias maneiras de o fazer. Começando pelo inicio, uma delas é assegurar que este esteja completo. Se possui habilitações e talento, não os esconda – este é o primeiro passo para ser encontrado.

E, através da configuração de alguns detalhes, o perfil ficará mais visivel nos motores de busca. Segundo Danielle Restivo, consultora do LinkedIn, os membros com pelo menos um trabalho incluído no perfil são 12 vezes mais visíveis; pessoas com pelo menos uma formação educacional mencionada têm sete vezes mais hipóteses de serem encontradas; profissionais com foto no perfil também têm sete vezes mais hipóteses de serem vistos.

Umdos factores mais importantes na altura da diferenciação é o Professional Headline – a descrição que aparece imediatamente abaixo do nome. Por defeito, encontra-se a função que ocupa no trabalho mais recente.
 
Esta é a forma como vai ser encontrado. Logo, deverá aproveitar para promover-se da forma mais adequada. É aqui que deverá colocar não apenas o que faz, mas o que melhor faz - aquilo queodistingue, tendo sempre em atenção as melhores palavras-chave para o fazer.

Poderão ser incluídas várias especialidades no título, desde que o faça de forma legível e organizada. Como aprender com os especialistas é sempre uma excelente opção, o perfil de Neal Schaffer, um especialista em Linkedin é umdeles.
 
Como um perfil não é apenas constituído pela descrição profissional, existem muitos outros factores que devem ser tidos em consideração na altura de fazer parte do Linkedin.

Abaixo encontram-se algumas ideias a seguir e a evitar no que diz respeito a esta rede social.
 
Um perfil no LinkedIn deverá conter 
  • Experiência: Incluir não apenas o posto de trabalho recente mas também como chegou até ele;
  • Formação: Incluir todo o percurso em termos de formação; destacar feitos importantes – se for o caso;
  • Organização: Organizar toda a informação e incluir um resumo do seu currículo com palavras-chave que melhor descrevem quem você é como profissional;
  • Imagem: Adicione uma fotografia cuidada ao seu perfil – evite imagens informais;
  • Recomendações: Opiniões de colegas com quem já trabalhou destacam os seus pontos fortes e mostram que é um funcionário valorizado;
  • Promova-se e seja único. Opte por um URL personalizado para o seu perfil ao invés do URL automático. Dedique um especial cuidado à sua descrição profissional, como mencionado acima.
Sem esquecer 
  • Nunca se fazer passar por quem não é;
  • Actualizar regularmente o perfil;
  • Participar em grupos;
  • Seguir Empresas;
  • Ver e rever o perfil: evitar erros ortográficos e de digitação;
  • Aproveitar alguns recursos do Linkedin como ‘Linkedin Skills’ e ‘LinkedinAnswers’ para mostrar os seus conhecimentos.
 



 


Fontes


 










 


Artigos Relacionados


29.set.2015
As potencialidades do Linkedin para os utilizadores
 


 

 
Autores
     
     
    Ver Todos  
 
Formação Inesting