1.jul.2015


Boas práticas SEO para links internos


O links internos têm o propósito de ajudar os visitantes de um site a ter uma boa experiência de navegação, encontrando as páginas do website com a informação que necessitam. Depois tem ainda a vantagem de no caso de serem bem utilizados, colherem benefícios em termos de SEO, leia-se posição das páginas do website no motor de busca.

Mais especificamente, um link interno consiste numa numa ligação, através de uma imagem ou expressão de texto, que aponta para outra página no mesmo site.

Os links internos são muito úteis no sentido em que permitem aos utilizadores ter uma melhor e mais fácil navegação no website, podem melhorar o ranking da autoridade das páginas e fazem também com que exista uma melhor indexação das páginas.

A indexação das páginas é algo fundamental, pois se não for conseguido, essas páginas não irão aparecer nos resultados do motor de busca, assim como não será tido em conta o conteúdo que essas páginas têm.

Os motores de busca necessitam de ver o conteúdo das páginas, por forma a lista-las nos seus enormes índices de palavras-chave. É também necessário ter acesso a uma estrutura de links internos que permitam às aranhas encontrarem todas as páginas do site para que as consigam indexar.

É por isso importante existir uma ligação estruturada entre as páginas, para que essa ligação seja lógica e para que as aranhas não se percam a meio do caminho.

Muitos sites cometem o erro de esconder as suas ligações entre páginas de uma forma que faz com que os motores de busca não as consigam encontrar. Este é um erro importante, uma vez que dificulta a sua capacidade de indexar as páginas do site.

Na imagem do artigo, apresentamos um exemplo visual de ligação entre páginas que um website deverá ter.

Estas ligações podem ser efectuadas em imagens, títulos, sub-títulos, em palavras a meio do texto ou outros objectos, na qual existirá uma área clicável que irá direcionar os utilizadores para outra página, que será escolhida de forma a ser o mais relevante possível.

Como já indicámos, este procedimento facilita a melhor indexação de páginas, mas também ajuda as páginas a ter uma maior autoridade.

Qual é a forma correta de criar uma ligação interna?

Ao realizar uma hiperligação, ou ligação interna deveremos ter sempre em conta 3 fatores importantes:
- a página para qual o utilizador será direccionado ao clicar
- o texto a incluir no código deve ser o seleccionado com critério
- a semântica do URL

Abaixo fica um exemplo simples de como inserir o código tendo em conta estes factores

Código de exemplo:
Palavra-Chave
Por exemplo, se estivermos num website de vestuário e quisermos direcionar os utilizadores para uma página de camisas devemos seleccionar a expressão e a página mais relevante e keyword, por forma à hiperligação ser a mais correta e coerente.

Exemplo prático:
Camisas
O conteúdo da página cujo utilizador foi direcionado deve estar direccionado para camisas, a palavra-chave escolhida deve conter “camisas” e se o URL contiver a palavra camisas também irá contribuir para o ranking total da autoridade.

Quando se pensa em SEO, o habitual é existir um grande esforço para conseguir aumentar o ranking de autoridade das páginas através de ligações externas. Contudo o ideal será não descurar as ligações internas, pois a elevada qualidade destes é também importante quer para benefícios de SEO como para a navegabilidade do site e utilização do mesmo.


 











Artigos Relacionados



11.dez.2007
 
Presença nos motores de busca aumenta notoriedade das marcas
 
 
 
5.dez.2007
 
Matt Cutts fala sobre Snippets
 
 
 
8.fev.2008
 
Os perigos de avaliar estratégias de SEM com base nos rankings
 
 
 
25.set.2009
 
Não vale a pena ir para tribunal por causa das Meta Tags KeyWords
 
 
 
13.jun.2008
 
4 Erros SEO cometidos por sites de Comunicação Social Portugueses
 
 
 
 




Autores
     
     
     
 
Formação Inesting