4.mar.2009


Localidade francesa prefere mudar de nome, a afundar-se no Google


Esta é uma notícia deliciosa. Existe uma pequena cidade Francesa chamada 'Eu', que pelo caracter pouco marcado do seu nome, não consegue bons rankings no Google, quando as pessoas procuram por...'Eu'.

Vai daí, qual é a solução? Mudar o nome da cidade!

Num referendo municipal vão ser postos a votação as seguintes alternativas:

Ville d'Eu
Eu-le-Château
Eu-en-Normandie

Qualquer delas aumenta sem dúvida a probabilidade de ranking elevado, mas
toda esta história é uma boa representação do que é o processo de escolha de palavras-chave.
 
Para definir a vossas palavras-chave alvo, não se guiem pelo ego. Sejam objectivos e não coloquem fasquias inalcançaveis.
 
É que mesmo que 'Hotel', 'Algarve' ou 'Sapatos' sejam palavras que possivelmente descrevam o vosso negócio e sejam muito pesquisadas, elas só vos deixarão frustrados pela falta de resultados.
 
É que a dimensão da concorrência - o número de resultados que os motores de busca devolvem, para determinada pesquisa - influencia em muito a obtenção de retorno de uma acção de SEO.
 
Uma palavra-chave genérica vai ter necessáriamente múltiplas utilizações de
várias partes da web, minando à partida todos os esforços que um site possa
fazer (a não ser que o vosso site seja a Wikipedia).
 
Nestes casos o ideal é mesmo seguir o exemplo destes irredutíveis gauleses
de 'Eu' e escolher outra palavra.




Fontes



Links


 











Artigos Relacionados



22.jan.2008
 
Google lança Guia Rápido para o Webmaster Tools
 
 
 
21.mai.2012
 
Um vislumbre sobre o Google Penguin
 
 
 
15.fev.2011
 
SEO e Meta Tags: valerá ainda o esforço?
 
 
 
31.jan.2012
 
Google altera algoritmo para penalizar sites com excesso de anúncios
 
 
 
27.abr.2009
 
Alguns passos para ser popular na web
 
 
 
 




Autores
     
     
     
 
Formação Inesting