6.dez.2011
Mobile Commerce

Mobile Commerce duplica o seu peso em 2011


Nos EUA, as receitas geradas pelo Mobile Commerce (comércio electrónico através de um canal móvel) duplicaram em 2011 face a 2010 e deverão crescer a ritmos elevados, passando dos 6,7 mil milhões de dólares deste ano para 31 mil milhões em 2015.

E estes dados não incluem downloads de informação digital (como apps, ringtones etc.), centram-se em vendas físicas, e excluem os Tablets, pelo que estão filtrados de factores que poderiam enviezar o verdadeiro alcance das conclusões.

O crescimento é alimentado por uma simbiose: por um lado o aumento do uso de smartphones (29% dos utilizadores de smartphone fizerem este ano uma compra móvel, contra 12% dos utilizadores com terminais de menor capacidade); por outro e em linha com a evolução de hardware, crescem os sites e apps feitos especificamente para facilitar o processo de compra.

Num futuro próximo ainda se espera a dissipação do real papel que os smartphones poderão ter em ambiente de loja fisica. Uma das tendências apresentadas no estudo da eMarketer é o de se poder tranformar em canal de venda in-store, para encomendar produtos que por uma razão ou outra estão esgotados na loja.




Fontes



Links


 











Artigos Relacionados



19.abr.2010
 
Uma nova fase da marketingtecnologico.com
 
 
 
8.out.2009
 
Web Móvel cresce nos Estados Unidos
 
 
 
17.jan.2012
 
QR Codes: o que são e quem os usa
 
 
 
26.out.2010
 
O que são apps?
 
 
 
21.ago.2008
 
Marketing de Proximidade: nova tendência do mobile marketing
 
 
 
 




Autores
     
     
     
 
Formação Inesting