Academia   Seminários
 
 
 
 
     
 
11.mai.2010


O impulso dado às marcas pelos anúncios mobile


Segundo as estimativas da eMarketer, o canal de publicidade via mobile deverá atingir, em 2010, um volume na ordem dos 593 biliões de dólares, impulsionados pelo facto de apresentar alto grau de resposta e eficácia no reconhecimento das marcas.

Segundo uma análise da empresa de estudos de mercado InsightExpress, os anúncios mobile são mais eficazes que o meio online e isto em diferentes métricas. Por exemplo, a exposição a anúncios mobile teria duas vezes e meia mais impacto em termos de identificação que a anúncios online e poderá ser até seis vezes superior, no que diz respeito ao aumento das intenções de compra dos potenciais compradores a quem é dirigida.
 
Contudo, é preciso levar em conta os formatos utilizados, assim como identificar o tipo de utilização feita dos equipamentos.
 
Neste aspecto, a distinção é feita entre utilizadores intensivos (usam smartphones e são influenciados pela publicidade que recebem, mais na forma de internet banners do que anúncios de página inteira. Representam 15% dos utilizadores); utilizadores ocasionais e utilizadores limitados (que apresentam menor receptividade a publicidade mobile, sendo que aplicações são o formato que mais interesse lhes desperta).



 


Fontes



Links


 








 

 
Autores
     
     
    Ver Todos  
 
Formação Inesting