28.out.2014
palavras chave com propria marca no google adwords

Vale a pena ter palavras-chave com a nossa marca nas campanhas de publicidade em motores de busca?


Há uma velha discussão sobre as vantagens das marcas licitarem por palavras-chave que contenham a sua própria marca nos motores de busca.

A intuição diz-nos que não se trata de uma prática muito recomendável, caso o site tenha uma boa performance de SEO, o que normalmente acontece no caso de brand queries. E existem estudos que suportam esta intuição.

Mas como em tudo o que mete números, também existem estudos que suportam a ideia contrária. O mais recente veio do Bing, que tem a vantagem de saber não só o impacto desta prática nas campanhas e sites dos directos interessados, como das campanhas dos concorrentes.

Foi analisada a quantidade de cliques que uma pesquisa branded gerava num resultado pago ou orgânico da marca. Eis um resumo dos resultados:

1) Com Anúncio no Topo da Pesquisa: a marca recebeu 88% dos cliques (50% ppc + 38% organic)

2) Com anúncio na zona lateral da pesquisa: a marca recebeu 67% dos cliques (25% ppc + 42% organic)

3) Sem anúncios: a marca recebeu 56% dos cliques

O que indicia um efeito sinergia entre resultados orgânicos e pagos: o total é maior que a soma das partes.

É importante referir que este estudo foi feito no sector financeiro e num produto que possuía muitas alternativas. A agressividade da concorrência é, como é fácil de perceber, uma variável decisiva. Aliás, se a sua empresa for um monopólio, provavelmente nem de publicidade precisa.
 




Ficheiros


 







 




Autores
     
     
     
 
Formação Inesting