Academia   Seminários
 
 
 
 
     
 
14.fev.2014
Dogecoins

O que são Dogecoins?


Dogecoins é uma cryptocurrency, isto quer dizer que é um tipo de moeda que utiliza os princípios fundamentais da criptografia, para tornar a moeda mais segura, distribuída e descentralizada, não sendo assim controlado por nenhuma entidade ou banco. A Bitcoin, Litecoin e Dogecoin são as cryptocurrency mais populares do momento, mas mesmo sendo a Dogecoin a mais recente (Dezembro de 2013), tem feito bastante sucesso e já tem um número de transações diárias superior à Bitcoin e à Litecoin juntas.

Uma pergunta bastante comum é: porquê que estas moedas têm valor se são virtuais? A resposta mais simples é que uma coisa tem o valor que as pessoas acreditam que tem, ou seja o ouro só tem valor porque em algum ponto na nossa história, a civilização começou a acreditar que poderia ter benéfico a troca deste metal por outros bens.

Para se conseguir estas Dogecoins é necessário resolver problemas utilizando cálculos feitos por processadores ou placas gráficas, normalmente são utilizadas placas gráficas por serem muito mais eficientes, por isso, começa a ser cada vez mais comum o aparecimento de GPU farms, de forma a “minar” e encontrar estas moedas. Ou seja, é como se várias pessoas estivessem a tentar resolver um puzzle e a primeira que conseguir resolver ganha uma recompensa, neste caso a recompensa são Dogecoins.

Um dos pontos fortes das Dogecoins é as suas taxas de transações serem muito inferiores às de um cartão de crédito ou variadas outras formas de pagamento online atual, e muito mais rápido do que uma transferência bancária. Para além disso é bastante fácil enviar Dogecoins de uma carteira para outra, basta saber o endereço da carteira para onde queremos enviar, assim como se quiséssemos enviar um e-mail.

As Dogecoins estão também a fazer bastante furor em termos solidários, basta ver o que a comunidade /r/Dogecoin fez nestas últimas semanas, onde contribuiu para que a equipa da Jamaica pudesse ir aos jogos Olímpicos de Inverno, e também ajudou crianças com dificuldades a ter um cão treinado para as ajudar. Para além disso, estão a aparecer cada vez mais serviços que envolvem Dogecoins assim como por exemplo este vendedor de hambúrgueres ou até a compra de Amazon gift cards entre outros, mas também tem crescido bastante nas redes sociais, onde é possível dar gorjetas pelo Twitter, Reddit e Facebook.

Poderá então esta moeda que começou como uma brincadeira ter futuro na Internet e nas redes sociais? Isto só o tempo poderá responder.

 



 










 


Artigos Relacionados


18.mar.2014
Os diferentes mercados da Bitcoin e da Dogecoin
 


 

 
Autores
     
     
    Ver Todos  
 
Formação Inesting