23.abr.2011
Social Media Killed the Email Star?

Social Media Killed the Email Star?


As redes sociais trouxeram novas formas de comunicação entre utilizadores. Seja com a publicação de posts, seja com o envio de mensagens privadas, seja via instant messaging, a Web 2.0 veio roubar algum espaço ao email como ferramenta quase exclusiva de comunicação digital.

Significa isto que o Email perdeu a sua posição rainha e que se aproxima do seu declíneo? Há quem diga que sim, mas com alguns números concretos e um pouco de bom senso poderemos abordar esta questão...

Um estudo de 2010 do Pew Research Center veio trazer alguma luz sobre este tema. Este estudo que incidiu sobre a realidade americana, mas que de certa forma antecipa a evolução noutros mercados menos maduros, evidencia que o email é utilizado por mais de 90% dos utilizadores dos 18 aos 73 anos de idade. É mesmo a principal razão de utilização de internet em todas as franjas de utilizadores, inclusivé mais de 73 anos de idade.



No entanto, este estudo não abrange a questão mais crítica: os utilizadores com menos de 18 anos de idade. Um estudo da Comscore, revelou que a utilização do email no segmento 12-17 ano de idade, caiu uns assombrosos 59%! Os detractores deste estudo logo apontaram algumas falhas metodologicas. Por exemplo, este número diz respeito a ferramentas de webmail (ex: gmail ou hotmail). Em todo o caso são números muito impressivos. Significa isto, portanto, que o email está perto do declineo, porque as novas gerações vão deixar de utilizar o email?

Primeiro que tudo importa perceber que esta geração necessita de meios de comunicação rápidos e tão leves quanto possível. Preferem o SMS, a rede social ou o instant messaging porque são ferramentas de comunicação rápida e leve. O boom das redes sociais muito contribuiu para o decréscimo de utilização do email neste segmento. Mas por outro lado, os jovens de hoje serão adultos profissionais dentro de alguns anos. E com a sua maioridade, mudam também as suas necessidades comunicacionais. Precisarão de comunicar com empresas para enviar os seus currículos e relacionar-se profissionalemnte com pares. O argumento é simples, precisarão de usar o email nem que seja por motivos de inserção social digital. Afinal de contas quase 100% dos outros utilizadores usam o email!

Em resumo, o email ainda dominará as comunicações digitais por mais algum tempo, mas o emergir de novas plataformas de comunicação com a web 2.0, poderá ocasionar uma mudança de paradigma. Resta saber quando essa mudança será suficientemente forte para ditar o fim do email tal como o conhecemos hoje.

 





Fontes



Links


 











Artigos Relacionados



4.set.2008
 
Estão as redes sociais a perder o interesse?
 
 
 
10.abr.2011
 
Uma Equipa de Gestão do Social Media Marketing
 
 
 
2.ago.2011
 
Facebook for Business: o contra-ataque do Facebook ao Google+?
 
 
 
30.mai.2012
 
O Euro2012 nas Redes Sociais
 
 
 
5.jul.2011
 
Uma nova estrela nas redes sociais?
 
 
 
 




Autores
     
     
     
 
Formação Inesting