Academia   Seminários
 
 
 
 
     
 
23.abr.2011
Social Media Killed the Email Star?

Social Media Killed the Email Star?


As redes sociais trouxeram novas formas de comunicação entre utilizadores. Seja com a publicação de posts, seja com o envio de mensagens privadas, seja via instant messaging, a Web 2.0 veio roubar algum espaço ao email como ferramenta quase exclusiva de comunicação digital.

Significa isto que o Email perdeu a sua posição rainha e que se aproxima do seu declíneo? Há quem diga que sim, mas com alguns números concretos e um pouco de bom senso poderemos abordar esta questão...

Um estudo de 2010 do Pew Research Center veio trazer alguma luz sobre este tema. Este estudo que incidiu sobre a realidade americana, mas que de certa forma antecipa a evolução noutros mercados menos maduros, evidencia que o email é utilizado por mais de 90% dos utilizadores dos 18 aos 73 anos de idade. É mesmo a principal razão de utilização de internet em todas as franjas de utilizadores, inclusivé mais de 73 anos de idade.



No entanto, este estudo não abrange a questão mais crítica: os utilizadores com menos de 18 anos de idade. Um estudo da Comscore, revelou que a utilização do email no segmento 12-17 ano de idade, caiu uns assombrosos 59%! Os detractores deste estudo logo apontaram algumas falhas metodologicas. Por exemplo, este número diz respeito a ferramentas de webmail (ex: gmail ou hotmail). Em todo o caso são números muito impressivos. Significa isto, portanto, que o email está perto do declineo, porque as novas gerações vão deixar de utilizar o email?

Primeiro que tudo importa perceber que esta geração necessita de meios de comunicação rápidos e tão leves quanto possível. Preferem o SMS, a rede social ou o instant messaging porque são ferramentas de comunicação rápida e leve. O boom das redes sociais muito contribuiu para o decréscimo de utilização do email neste segmento. Mas por outro lado, os jovens de hoje serão adultos profissionais dentro de alguns anos. E com a sua maioridade, mudam também as suas necessidades comunicacionais. Precisarão de comunicar com empresas para enviar os seus currículos e relacionar-se profissionalemnte com pares. O argumento é simples, precisarão de usar o email nem que seja por motivos de inserção social digital. Afinal de contas quase 100% dos outros utilizadores usam o email!

Em resumo, o email ainda dominará as comunicações digitais por mais algum tempo, mas o emergir de novas plataformas de comunicação com a web 2.0, poderá ocasionar uma mudança de paradigma. Resta saber quando essa mudança será suficientemente forte para ditar o fim do email tal como o conhecemos hoje.

 




 


Fontes



Links


 










 


Artigos Relacionados


22.jun.2010
Quanto valem os seus fãs?
 

 

30.jul.2012
Estatísticas nas redes sociais
 

 

22.out.2013
Quanto tempo dura um link nas redes sociais?
 

 

5.jul.2011
Uma nova estrela nas redes sociais?
 

 

30.mai.2012
O Euro2012 nas Redes Sociais
 


 

 
Autores
     
     
    Ver Todos  
 
Formação Inesting